16 janeiro, 2022

 

Mãe solteira

 

O fato de eu ser mãe solteira

Não significa que estou disponível

Como um produto descartável

Sem valor e de baixo nível

Sem nada para oferecer

Ficar com quem aparecer

Um ser sem sentimentos e insensível.

 

Meus filhos não diminuem o meu valor

Nem tão pouco supre a minha carência

De amar e ser amada como mulher

Sem sofrer preconceito ou violência

Ser mãe solteira não me tira o direito

De ser feliz por causa do preconceito

De gente que não tem consciência

 

Ser mãe solteira não me faz menos mulher

Independente se você aceite ou não

Tenho direito de amar e ser amada

De ter desejos e despertar paixão

Sou mãe, sou mulher e sou livre

E não tem preconceito que me prive

De  ser feliz em qualquer ocasião

 

Ficar em casa não me faz me tornar santa

Nem vadia pelo fato  de sair

Ao contrário sou livre para ser feliz

Curtir a vida como eu quiser curtir

Sentir desejos, amor,  paixão

Mas como mulher quando eu falar não

Não é não, não adianta insistir

 

Francis Gomes

 

Estrias

 

Estrias

 

É um poema que o tempo escreve em braile

Para revelar mistérios e segredos em detalhe

Escritos no corpo de uma mulher

Suas lutas, vitórias, suas glórias e dores

Suas paixões vividas e seus amores

Porem poucos leitores sabem ler

 

Não tem  sensibilidade nas mãos

Desatento, inexperiente, não tem noção

Não sabe o verdadeiro significado

Que um poema assim tão bonito

Leva tempo para ser escrito

Por isso ele precisa ser tatuado

 

São tantos mistérios que descreve

Que não é qualquer poeta que escreve

Um poema com tamanha maestria

Só o tempo com sua sabedoria completa

E Deus o grande poeta dos poetas

Para escrever tal poema em forma de estria.

 

 

Francis Gomes

23 dezembro, 2021

 

Família de faladores

 

 

Somos em vinte irmãos

Cada qual com seus valores

Dez mulheres fuxiqueiras

E dez homens faladores.

 

Já começa por mamãe

Sempre fala de papai

Papai fala de mamãe

E assim por de ante vai

 

Rute fala de Lurdes,

Lurdes fala de Luzia

Luzia fala de Tonha,

Tonha fala de Maria,

 

Maria fala de Nena

Nena fala de Luiza

Luiza fala de Ciça,

Ciça fala de Maisa,

 

Maisa fala de Lica,

Lica fala de João,

João fala de Paulo

Paulo fala de Adão,

 

Adão fala de Carlos,

Carlos fala de Joaquim

Joaquim fala de Luiz,

E Luiz fala de mim,

 

Edu fala de Pedro

Pedro fala de Raimundo

Que vive a me criticar

E eu para me vingar

Falo de todo mundo.

 

 

Francis Gomes

 Estrutura poética, como deve ser.




Minha poesia

Minha poesia não tem, fineza alguma
Nem técnica nenhuma, pra ser estudada
Mas tem a bravura, do homem da roça
Nasceu na palhoça, mas é educada.

É simples singela, até na estética
Não segue uma métrica, de versificação
São versos brancos, soltos sem ritmo
Muito barbarismo, e também colisão.

Alguns apresentam, anfibologia
Também cacofonia, e obscuridade
Mas é forte e dura, corta igual navalha
Sobretudo se espalha, por mato e cidade.

Minha poesia é assim, bem subjetiva
Mas objetiva, nada é casual
É simples, bem pobre
Mas se torna nobre no ponto final.


Francis Gomes




02 novembro, 2021

Documentário Literatura e Paisagismo

 Acaba de sair o documentário do 2º Festival Literatura e Paisagismo - Revitalizando a Quebrada, realizado em agosto de 2021 no bairro Miguel Badra, Suzano, SP.

O festival teve o apoio do Proac/LAB (Programa de Ação Cultural/Lei Aldir Blanc) e revitalizou 10 espaços, com o grafite de poesia, limpeza, plantio de árvores e saraus.



27 outubro, 2021

Você é chama eu sou lenha

 

 

Eu poderia te descrever os meus desejos

De forma tão intensa tão explícita

De como desejo ler teu corpo

Como um poema que o próprio autor recita

Mas prefiro viver este momento lúdico

E quando você sentir o teu corpo lúbrico

Saberás o quanto te excito e você me excita

 

Por isso não quero te fala como eu faria

Eu quero te mostrar com eu faço

Eu não quero imaginar como seria

Eu quero sentir o calor do teu abraço

Eu não quero dizer o que diria

Nem imaginar o que você  sentiria

Quero sentir o que sente enquanto te amasso

 

Eu quero acessar o site do teu coração

Desbloqueia e sem medo me mostra a senha

Deixa eu navegar no sistema de teu corpo inteiro

Se quiser navegar no meu diga sim e venha

Vamos acender o fogo do nosso desejo

Para acender não precisa muito basta um beijo

Você é chama e eu sou a lenha

 

 

Francis Gomes

  Mãe solteira   O fato de eu ser mãe solteira Não significa que estou disponível Como um produto descartável Sem valor e de baixo...