24 agosto, 2016

Sarau nas escolas

E hoje, quarta-feira, vamos até a E.E. José Papaiz, em Suzano, para desenvolver mais uma edição do Sarau na Escola. Será às 20h. Quem quiser chegar junto é só dar um salve no whatsap (11) 99526-3561
Associação Cultural Literatura no Brasil, incentivando a leitura nas escolas desde 2003.


22 agosto, 2016

Geledés!


... Quando entrevistado pelo consagrado Abujamra, (Sacolinha)  mostrou-se um provocador nato, formado pelos percalços e conquistas da vida, garra de um escritor negro. Um periférico que não quis os extremos sociais e geográficos. Sacolinha já ganhou o mundo. Quem diria? Contrariando as estatísticas…


Leia a matéria completa em: Graduado em marginalidade - Geledés http://www.geledes.org.br/graduado-em-marginalidade/#ixzz4I6btLuvm
Follow us: @geledes on Twitter | geledes on Facebook

Em setembro!

Nosso fundador e atual presidente, o escritor Sacolinha, estará na FLICT (Festa Literária da Cidade Tiradentes) e no mesmo dia vai participar do Amparo Literário. Depois postamos mais detalhes sobre as atividades e os horários.

Clique no cartaz para ampliar

15 agosto, 2016

SARAU LITERATURANOSSA AGOSTO 2016


Sarau LiteraturaNossa recebe banda suzanense Ato Final e escritor Guilvan Miragaya




Projeto da Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) será realizado na sexta-feira (19 de agosto), às 19h30 na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630, Jardim Revista, Suzano, próximo ao bazar e à Escola Estadual Oswaldo de Oliveira Lima)

O Sarau LiteraturaNossa receberá em sua edição de agosto a banda suzanense de rock Ato Final, a sessão de autógrafos do livro “Espinheiros”, de Guilvan Miragaya, e a última edição da campanha “O calor das palavras”. O projeto da Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) será realizado na sexta-feira (19 de agosto), às 19h30 na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630, Jardim Revista, Suzano, próximo ao bazar e à Escola Estadual Oswaldo de Oliveira Lima).

Com o objetivo de incentivar a leitura e a divulgação dos autores regionais, a iniciativa conta com o apoio do Programa de Ação Cultural (ProAC) do governo do Estado de São Paulo e terá ainda sorteio de livros, camisetas e outros produtos literários.

Como explica a coordenadora do projeto, Landy Freitas, também haverá arrecadação de roupas e calçados para serem distribuídos às pessoas em situação de rua por meio da campanha “O calor das palavras” e será feito o lançamento das Canetas Poéticas. Outras informações pelo telefone (11) 96680-4065 ou pelo Facebook Sarau LiteraturaNossa.

         “Conseguimos atingir nossos objetivos com a campanha ‘O calor das palavras’ e as peças arrecadas no sarau de junho foram distribuídas pessoalmente pelos escritores da Associação por toda a cidade. Tivemos muitas contribuições da comunidade, dos amigos e de familiares que nos ajudaram nessa ação tão importante de solidariedade. Devido ao êxito da campanha, decidimos continuar com a mesma até o final do inverno. Portanto, após esta edição do sarau, em data ainda a ser divulgada, sairemos às ruas para fazer a entrega dos itens arrecadados e encerrar a campanha”, diz Landy.

LANÇAMENTO

Em “Espinheiros”, lançado este ano pela editora Edições do Tietê, Guilvan Miragaya expressa em versos a efemeridade do cotidiano. A cada página, o autor convida o leitor a viajar pela infância, avaliar ou reavaliar os laços familiares, os conflitos juvenis, a indignação, o ufanismo, a maturidade, a amizade verdadeira, a velhice e a morte. Miragaya iniciou sua caminhada nos saraus em 2010, participando de várias antologias com poemas, crônicas e contos.

         SHOW

Formada em Suzano em 2015, a banda Ato Final adotou o termo rock periférico para definir sua linha musical. O grupo tem como integrantes Agnaldo (voz), Di Catarino (bateria), Anderson, o Badê (guitarra), Fernando, o Feijão (guitarra) e Jero La Salvia  (baixo). Temas como política, meio ambiente, classe social, fascismo e racismo norteiam suas canções.


06 julho, 2016

26 junho, 2016

Trocando Ideias debate “A Civilização do Espetáculo”, de Vargas Llosa

Projeto da Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) será realizado nesta terça-feira (28 de junho), a partir das 19 horas, na Sala de Teatro da Cia. Atores InSanos, abrigada na Faculdade Piaget (Av. Mogi das Cruzes, 1.001, Jardim Imperador, em Suzano)

Nesse cenário de crise política e de reinvenção do jornalismo o debate sobre o papel dos meio de comunicação e a banalização das artes e da literatura é mais que oportuno. É com essa premissa que os escritores da Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) se reúnem nesta terça-feira (28 de junho), a partir das 19 horas, na Sala de Teatro da Cia. Atores InSanos, abrigada na Faculdade Piaget (Av. Mogi das Cruzes, 1.001, Jardim Imperador, em Suzano) em mais uma edição do Trocando Ideias. 

Com a mediação do escritor e presidente da ACLB, Ademiro Alves, o Sacolinha, o projeto de discussão literária vai analisar a obra “A civilização do espetáculo – Uma radiografia do nosso tempo e da nossa cultura”, do peruano Mario Vargas Llosa. A entrada é gratuita e voltada a escritores, vestibulandos, estudantes e todos os interessados que tenham lido a obra em questão. 

O coordenador do projeto, Francis Gomes, destaca que será um momento oportuno para discutir os rumos da cultura, que na visão de Llosa atualmente atua como mero mecanismo de distração e entretenimento, afastando-se da reflexão:

“Enquanto escritores, temos pela frente o desafio de lutar para que a cultura não se descaracterize e se consolide como um instrumento de reflexão. O Trocando Ideias deste mês nos proporcionará esse debate a partir das considerações de Llosa”, diz. 

O projeto Trocando Ideias foi idealizado com o objetivo de promover uma discussão crítica em torno de obras da literatura nacional e internacional, de modo a contribuir com o enriquecimento cultural e intelectual de seus participantes. 

Os próximos títulos que serão debatidos no projeto são: "Espumas Flutuantes", de Castro Alves; "Miguel e os Demônios", de Lourenco Mutarelli; e "A Comédia de Alissa Blum", de Manoel Herzog. 

OBRA

Em “A civilização do espetáculo”, Mario Vargas Llosa destaca que “a cultura, no sentido tradicionalmente dado a esse vocábulo, está prestes a desaparecer em nossos dias” dado seu esvaziamento de conteúdo. Escritor e jornalista peruano, Llosa nasceu em Arequipa, mas passou a infância entre Cochabamba (Bolívia) e as cidades peruanas de Piura e Lima. Iniciou sua carreira literária e jornalística aos 16 anos com a estreia do drama “A Fuga do Inca” (1952). Em 2010, recebeu o prêmio Nobel de Literatura "por sua cartografia de estruturas de poder e suas imagens vigorosas sobre a resistência, revolta e derrota individual".

SARAU LITERATURANOSSA 17-06-2016


Queridos e queridas, primeiramente ‪#‎ForaTemer‬
Segundamente atrasamos na postagem das fotos, mas aí estão.
Melhor que as fotos, com certeza foi o momento que estivemos juntos na sexta-feira. 
Sarau LiteraturaNossa agradece imensamente às pessoas que colaboraram com a campanha para arrecadação de roupas de frio para as pessoas em situação de rua. E agradecemos também a todos que puderam chegar com a gente na sexta. O sarau foi lindo, cheio de calor. 
Mês que vem tem mais