30 novembro, 2010

Todo mundo convidado!

Segue abaixo convite de lançamento da 6ª edição da revista Trajetória Literária - Edição Carolina Maria de Jesus. Será dentro do Pavio da Cultura, (excepcionalmente neste dia) das 19h30 às 21h30.
Todas as pessoas presentes nesse dia ganharão um exemplar da revista autografado.

27 novembro, 2010

PARA MEDITAR

Vamos pensar no próximo, será quantas crianças estão precisando que sejamos um papai noel para elas, e quantos pais não estão desempregados, e Cadê o papai noel?


O natal da criança pobre



O fim do ano se aproximando...
 Pensava entristecido e desolado,
 Joaquim, mais um desempregado.
Então ele falou quase chorando:
Oh meu Deus! Que rumo eu trilho?
O que vou dar para meu filho?
O natal está chegando.

Dias passaram, o natal chegou,
Joaquim tinha um problema,
E para aumentar seu dilema,
O seu filho perguntou:
- Papai, papai, fala pra gente,
Será que o meu presente,
Papai Noel já comprou?

E o Joaquim muito triste,
Sem dinheiro, desempregado,
Falou pro o filho amado:
- Filho, papai Noel não existe.
- Existe sim, papaizinho,
O Carlos, nosso vizinho,
Já o viu, ele me disse.

Continuou o filho inocente:
- Carlinhos me disse como ele é,
Que ele entra pela chaminé,
Com cuidado, pra não acordar a gente.
Então papai, o bom velhinho,
Assim como para o Carlinhos,
Vai me trazer um presente?

 Joaquim não suportou,
Sofrendo amargamente
Pegou seu filho carente
Em seus braços, e o beijou.
Com o coração partido
Deu boa noite ao ente querido,
Entrou no quarto, bateu no peito e falou:

- Deus, oh Deus! Eu te peço humildemente,
Já que eu estou desempregado,
Ao menos para meu filho amado,                                                                                                                                       
Ajude-me dar um presente.
Tu bem sabes o quanto eu o amo,
E não quero destruir este sonho
De uma criança inocente.

Então a noite passou;
E no outro dia cedinho,
Lá, lá na casa do Carlinhos,
O papai Noel presenteou,
Mas aquele bom velhinho,
Nem Joaquim, nem seu filhinho,
Ele se quer visitou.

E quando a criança acordou...
Olhou para um lado, para outro,
E falou pra seu pai: - de novo!
Papai Noel não passou!
E com os olhos encharcados,
Em sua humilde cama sentado,
Chorando, desabafou:

- Oh Deus! Desculpe o que eu vou dizer:
Papai Noel não existe, não, existe não,
O meu papai tem razão,
Olha, eu vou explicar porque:
Ele nunca visitou a gente,
E nem me trouxe um presente,
Nunca, nunca um dia veio me ver.

E se ele existe, ele é muito ocupado,
Ou talvez seja orgulhoso,
Um velhinho rancoroso,
Pois não veio neste ano, nem no ano passado,
Quem sabe ele é muito nobre,
Não entra em casa de pobre,
E nem de um desempregado.



Francis Gomes
76154394/ 4749

12 novembro, 2010

Sarau em Suzano

Neste sábado 13/11,
tem Pavio da Cultura
A partir das 20h
Música, cinema, Literatura, Teatro e Dança
Local: Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi
(Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP)



Tradicional sarau suzanense acontece neste sábado

Neste sábado, 13/11, a partir das 20h, será realizado o maior e melhor sarau do Alto Tietê. O Pavio da Cultura acontece no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP).
Este sarau que já é tradição na cidade de Suzano e foi tema de quatro TCCs (Tese de Conclusão de Curso) vem sendo realizado todo sábado em um centro cultural do município. Todo 2º sábado do mês ele acontece no centro da cidade, unindo a classe artística da região numa só atividade.
Nessa edição o sarau terá música, cinema, literatura, teatro e dança.
Os interessados em se apresentar devem chegar com 30 minutos de antecedência.
Venha e convide amigos, vizinhos e parentes, mesmo que seja apenas para assistir. Todos são bem vindos.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180.

Cidinha da Silva em Suzano