28 julho, 2007

ABC

Lançamento do livro "De lembranças & Fórmulas Mágicas" de Edson Bueno de Camargo

Dia 17 de agosto de 2007 - Sexta-feira

Local:

Biblioteca Municipal Cecília Meireles

Rua Rio Branco, 87 - 1º Andar -

Centro - Mauá - SP

Telefone:. 4547-1483

Mais Saraus

Clique em cima para ler.

16 julho, 2007

Fotos Sesc Consolação

No dia 05 de julho nós da Associação Cultural Literatura no Brasil estivemos no Sesc Consolação participando do projeto Cartografia Literária. Confira abaixo algumas fotos.
Início: Nelson de Oliveira entrevista o coletivo
Entre Aspas: intervenção

Francis Gomes interpreta seu cordel
Micheli da Costa
Ioseph

Nelson Olavo
Paulo Pereira
Rejane Barros

Sacolinha
D. Elizabeth
Almir RibeiroSacolinha interpretando
Francis
Grand Finale

As minas da Associação

Música

ESTE É O MEU PAIS (DA MUDANÇA)

Um dia sonhei que era feliz.
E que meu Brasil teria jeito
Mas vi tanto porco sugador
Abuso de um pobre eleitor
Então vi que nada era perfeito

No congresso está a "lamaria"
Estampada na cara do sujeiro
So de olhar me enoja a sua cara
Esse vil tão cruel e trapaceiro
Engolido pela fama e dinheiro
Honestidade virou coisa tão rara

Ordem e progresso é utopia
Tem ladrão escorrendo pelo ralo
Submisso ao neo liberalismo
Sufocamos na mão o nosso calo
Muitos outros entrando no embalo
Ostentando o seu grande cinismo

O que adianta o meu grito de poeta
Sou sozinho no meio da multidão
Um cantador cordelista assim sou
Sem trair no meu verso a nação
Inda tenho a fé no coração
Pois meu verso não me abandonou

Carlos Silva
http://bandasdegaragem.com.br/carlossilvacantador

www.recantodasletras.com.br/autores/apora
HTTP://SERRADOAPORA.ZIP.NET

Novo conto

HEMORRÓIDA
Por: Rodrigo Ciríaco

Bença mãe.
Deus te abençoe meu filho.

Ô mãe, posso te fazer uma pergunta?
Claro.
O que é hemorródia?
Ai! Olha só, cortei meu dedo. O que que cê perguntou menino?
O que é hemorródia mãe?
Oxi, onde é que você tá ouvindo essas coisa agora?
Na escola.
Na escola?
É, na escola mãe.
Ah, tá. E sobre o que vocês estavam falando na escola pra falar de hemorróida?
Do cú.
Olha, tu cale essa boca que eu enfio essa esponja com sabão e tudo.
Credo mãe.
Isso é jeito de falar comigo? Explica essa história direitinho.
Ah, é que foi um escritor lá na escola fazer uma palestra sobre literatura, só que não tinha nenhuma sala sobrando pra gente trabalhar, aí a gente ficou na sala da direção. Depois de um tempo a secretária da escola bateu na porta e perguntou: -“Quem é que tem hemorródia aqui?”
É hemorróida.
É, isso memo. Aí o Júnior perguntou: -“O que é hemorródia tia?” Ai ela respondeu: -“É um negócio que dá no meio do olho do...
Olha a esponja!
Mas foi a secretária da escola que disse o palavrão mãe.
Tá, mas você não precisa repetir. E porque ela fez isso?
Ah, num sei. Parece que o Jéferson e o Alife tavam apertando o botão de um interfone que liga a direção lá na sala dela. Só sei que ela tava bem brava.
E o professor, o que fez?
Fez nada. Parece que ele ficou tão surpreso quanto a senhora. Mas ele não quis enfiar uma esponja na boca dela com sabão e tudo.
Devia. Isso é coisa que se fale. Eu vou na escola amanhã esclarecer esse assunto. E você, esquece isso viu.
Tá bom.

Ô mãe?
Quié? Não vem com outra pergunta malcriada que eu te quebro os dentes hein.
Não. É que eu já sei o que vou ser quando crescer.
Ah é, que bom. E o que vai ser?
Escritor.
Ai meu Deus, mais essa. Deixa de bobagem menino. Isso é coisa pra rico. Coisa pra quem tem tempo, tem dinheiro, tem cultura.
Mas mãe, o escritor que foi lá na escola disse que é pobre. E da periferia.
Aí, mais um motivo. A gente tem que trabalhar muito pra sair desse buraco meu filho. Ter uma vida melhor, fica rico. Livro não enche a barriga de ninguém não. Só trabalho, trabalho, trabalho. Aí sim a gente enriquece. Entendeu?
Entendi.

Ô mãe?
Lá vem. Você não quer brincar na rua não Filipe? Ver televisão, soltar pipa, brincar de carrinho? Eu tenho que preparar a janta do seu pai menino.
Então, é sobre isso. O papai sai todo dia de madrugada né mãe?
Sim.
E só volta bem de noitinha né?
É.
O que ele faz?
Como assim, o que ele faz menino. Você tá com onze anos agora, nem bem era nascido seu pai já fazia isso e você não sabe o que ele faz ainda? Ele trabalha ora. Trabalha duro, trabalha muito. Segunda à sábado na firma do Dr. Carlos.
Ah.
E por que a pergunta?
É que eu queria saber: por que é que a gente ainda não é rico?

Xô daqui. Sai. Vai brincar na rua menino!

+ eventos

clique para ampliar

14 julho, 2007

Inovação

O escritor, poeta e cordelista Francis Gomes estará presente no Pavio da Cultura do dia 14/07. Participe e veja mais uma apresentãção do cordelista que promete inovar.

11 julho, 2007

Tá na área

COLEÇÃO LITERATURA PERIFÉRICA

Dia 05 de julho foi lançado o primeiro livro da Coleção Literatura Periférica. “Colecionador de Pedras” – Poesia de Sérgio Vaz, já está em todas as livrarias do Brasil. E ainda vem por aí:

2- 85 Letras e um Disparo – Contos - Sacolinha (agosto)
3- Guerreira – Romance – Alessandro Buzo (agosto)
4 – Da cabula – Dramaturgia – Allan da Rosa (setembro)
5- De passagem mas não á passeio – Poesia - Dinha (outubro)



10 julho, 2007

Sábado

Pavio da Cultura homenageia Jorge Amado

Quem participar do Pavio da Cultura deste sábado (14/7) será surpreendido pelo número de atividades que estão programadas. A informação é do responsável pelo projeto, Ademiro Alves, o Sacolinha. De acordo com ele, serão realizadas apresentações de rap com Don Graka, mano Rodolfo e aliados, samba com o grupo Terreiro de Aruanda, dança-afro com o grupo Ponto 5, dois monólogos interpretados por Ferreira Santos, cordel e repente com Francis Gomes, leitura dramática de textos de Bertolt Brecht e um mural com mais de 200 poesias.

O projeto acontece no dia 14 de julho, às 20h, no Centro de Educação e Cultura “Francisco Carlos Moriconi” (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro). A entrada é gratuita e os interessados em participar com algum trabalho devem se inscrever com 30 minutos de antecedência. O Pavio da Cultura é um sarau cultural que mistura música, cinema, teatro, literatura e dança. Nesta 33ª edição, o projeto prestará uma homenagem ao escritor baiano Jorge Amado, um dos maiores autores brasileiros. Ainda na programação do sarau, haverá o lançamento do livro “Punga”, poesia de Akins Kinte e Elizandra Souza, literatura negra e afro-descendente.
Durante as atividades, serão distribuídos ao público o fanzine Literaturanossa, edição 8, da Associação Cultural Literatura no Brasil.

09 julho, 2007

No peito

Robson Canto num momento de prazer com a camisa da Associação Literatura no Brasil.

06 julho, 2007

Agosto

Obs.: Favor confirmar presença no telefone (11) 6959-1647 até dia 27/07/2007 (data limite)
--------------------------------------------------------------
São Paulo, 10 de junho de 2007
Prezado(a) Amigo(a),
Retomando a rotina de discussões literárias, nos reuniremos em 04 de agosto do corrente ano, das 15:00 às 20:00 horas, para conversarmos acerca do livro "Graduado em Marginalidade" de autoria de Ademiro Alves (Sacolinha), editado pela Scortecci Editora em 2005.
Esta obra foi escolhida tendo em vista a qualidade do livro, que traz um tema instigante e atual, e tendo em vista também o esforço do autor, que é ativo militante da literatura periférica.
A reunião será no Quilombhoje, sito à Avenida Duarte de Azevedo, n.º543, nesta capital, (próximo ao metrô Santana) e não será aberta, mas sim para pessoas convidadas e, nessa perspectiva é:
1.Imperioso: que todos tenham lido o livro;
2.Impreterível: que todos cheguem no horário;
3.Imprescindível: que tragam sistematizadas suas impressões,comentários, críticas e reflexões sobre o livro;
4.Inconveniente: dar a chamada "passadinha" para marcar presença, o que apenas dificulta a integração.
5.Inestimável: sua presença.
Aguardamos você!
Para as pessoas que não possuem o livro, sugerimos entrar em contato com o autor visando a aquisição, através dos telefones (11) 8325-2368 ou 4747-4180 ou e-mails sacolagraduado@gmail.com e sacolagraduado@bol.com.br
Informa-se por fim que o livro também estará à venda no Quilombhoje Literatura, pelo valor de R$ 10,00 (dez reais), no horário das 11:00 ás 19:00 horas de segunda a sexta-feira, fone (11) 6959-1647.
Um forte abraço e Axé !
Tico e Sidney

Mauá

O Grupo Literário Taba de Corumbê e o Departamento de Cultura do Município de Mauá – SP convidam:

Sarau no Museu.
Sarau de todas linguagens

Domingo – das 15h00 até as 18h00.

dia: - 15 de julho de 2007

Marque em sua agenda, próximos:

- 16 de setembro de 2007
- 25 de novembro de 2007


Local:
Museu Barão de Mauá
Centro de Referência da Memória e História da Cidade
Av. Dr. Getúlio Vargas, 276 – Vila. Guarani – Mauá – SP
Telefones: 4519-6456 – Fax. 4519-4011

Disposição:

Sarau em forma de recital, onde mediante uma inscrição no local e momento do evento, seja aberto o uso da palavra para recitações de poemas, textos curtos, contação de histórias, realização de depoimentos de vida e memória.
O palco, círculo ou outra forma de apresentação, poderá ser utilizado para pequenos esquetes teatrais, apresentações musicais de canto ou instrumental, e toda a gama de manifestação artística desde que sempre respeitado o conceito de serem de pequena duração.

03 julho, 2007

L.B no Sesc Consolação

Cartografia Literária

Dia 05 de julho de 2007 - 19h30

Literatura no Brasil

Cartografia Literária propõe um mapeamento dos coletivos literários em atividade na cidade de São Paulo. Procura a fluidez da literatura pelos espaços e formações sociais mais heterogêneos, percorre os caminhos da criação e da reapropriação de textos, da produção periférica, do anonimato e das experimentações literárias de grupos consolidados.

Em sua segunda edição, o evento estende suas linhas cartográficas para as regiões Leste e Oeste de São Paulo, com participação de integrantes do Mó! – Movimentação Musical e do grupo SAMPA, permitindo avanços para a além dos limites geográficos oficiais, com a presença da Associação Cultural Literatura no Brasil, localizada em Suzano. Com mediação do escritor Nelson de Oliveira, representantes dos grupos convidados falam sobre suas experiências literárias e apresentam textos com recursos orais e musicais.

O público pode participar de encontro no Entre Aspas, microfone instalado no Hall de Convivência, com abertura de som a cada 10 minutos. Os leitores, poetas e pensadores da platéia terão 1 minuto para cada intervenção.


Associação Cultural Literatura no Brasil

Criada em 2002, a Associação Cultural Literatura no Brasil tem dois objetivos bem definidos: o incentivo à leitura e a divulgação dos escritores anônimos. O passo inicial foi dado pelo escritor Ademiro Alves, o Sacolinha, somando forças com o grafiteiro e escritor Willian de Lima e a professora e fanzineira Valéria Gíggia. Atualmente o grupo desenvolve atividades como a arrecadação de livros, apoio a bibliotecas comunitárias, realização de saraus em espaços das periferias, debates literários, produção de fanzines e intercâmbio cultural com ONGs e instituições culturais. Para Sacolinha, “a intenção em manter uma entidade voltada para a literatura é de incentivar as pessoas a ler e mostrar outra visão dos livros, contrária àquela que a escola pinta, onde adolescentes são obrigados a ler livros clássicos, de difícil entendimento, e que não têm ligação nenhuma com a época desses alunos”. Após bate-papo, o coletivo apresenta Sarau Performático.
Dia 05/7. Quinta, às 19h30.


Ficha Técnica

Escritores e poetas.

Literatura no Brasil

Ademiro Alves - Sacolinha
D. Elisabete Silva
Francis Gomes
Rejane Barros
Almir Ribeiro


Mediação
Escritor e doutor em Letras pela USP, é autor dos livros Naquela época tínhamos um gato (contos, 1998), Subsolo infinito (romance, 2000), O filho do Crucificado (contos, 2001), A maldição do macho (romance, 2002), Verdades provisórias (ensaios, 2003) e Algum lugar em parte alguma (contos, 2006). Em 2001 organizou a antologia Geração 90: manuscritos de computador e em 2003, Geração 90: os transgressores. Ainda em 2003 editou com Marcelino Freire o número único da revista PS:SP. Atualmente coordena, em várias instituições, oficinas de criação literária para escritores com obras em formação.

Grátis
Local: Convivência do SESC Consolação
Vl. Buarque - Centro - S.P
________________________________________
Associação Cultural Literatura no Brasil
Fones: (11) 4747-7059 / 7615-4394
www.literaturanobrasil.blogspot.com

Reuniões L.B

Quem quiser participar da Associação Cultural Literatura no Brasil, é só comparecer em qualquer terça-feira, no horário das 17h30, na reunião da entidade. Ela acontece no Centro Cultural de Suzano, na rua Benjamin Constant, 682, Centro, Suzano.
Informações: (11) 4747-4180

Cidinha da Silva em Suzano