31 março, 2010

Quinta agora tem...

2o Suburbano em Debate
01/04/2010 (das 19h às 21h) - grátis

Tema: A produção literária na periferia.

Mesa:
Sacolinha
Rodrigo Ciriaco
Robson Canto
Mediador: Alessandro Buzo

Local:
Livraria Suburbano Convicto no Bixiga
Rua 13 de Maio, 70 - 2o Andar
(grátis)
Inf: (11) 2569-9151
suburbanoconvicto@hotmail.com

29 março, 2010

MENSAGEM; CHICO XAVIER

Se eu morrer antes de você, faça-me um favor:
Chore o quanto quiser por mim, mas, não brigue com Deus por Ele ter me levado.Se não quiser chorar, não chore.Se não conseguir chorar ,não se preocupe.Se tiver vontade de rir, ria.
Se alguns amigos contarem um fato a meu respeito, ouça e acrescente sua versão. Se me elogiarem demais, corrija o exagero.Se me criticarem demais, defenda-me.
Se me quiserem fazer um santo, só porque morri, mostre que eu tinha um pouco de santo, mas estava longe de ser o santo que me pintam.
Se me quiserem fazer um demônio, mostre que eu talvez tivesse um pouco de demônio, mas que a vida inteira eu tentei ser bom e amigo.
Espero estar com Ele o suficiente para continuar sendo útil à você, lá de onde eu estiver. E se tiver vontade de escrever alguma coisa sobre mim, diga apenas uma frase: Foi meu amigo, acreditou em mim e me quis mais perto de Deus. Aí então, derrame uma lágrima. Eu não estarei presente para enxuga-la, mas não faz mal, outros amigos farão isso no meu lugar.Vendo-me bem substituido, eu irei cuidar da minha nova tarefa no céu.
Mas, de vez em quando, dê uma espiadinha na direção de Deus. Você não me verá, mas eu ficarei muito feliz vendo você olhar para Ele.
E, quando chegar a sua vez de ir para o Pai, aí sem nenhum véu a separar a gente, vamos viver em Deus, a amizade que aqui Ele nos preparou.
Você acredita nessas coisas? Então prepare que nós vivamos como quem sabe que vai morrer um dia e que morramos como quem soube viver direito.
Amizade só faz sentido se traz o céu para mais perto da gente e se inaugura aqui mesmo o seu começo.
Mas se eu morrer antes de você, acho que não vou estranhar o céu...
¨Ser seu amigo...
Já é um pedaço dele!¨
CHICO XAVIER

Paulo Odair: e-mail:paulodapoesia@hotmail.com
Blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com
cel:011-7234.1382 e 7495.0175 (vivo)



28 março, 2010

Debate Papo

Trocando Ideias discute José Saramago

Promovido tradicionalmente todo mês pela Associação Cultural Literatura no Brasil, com o apoio da Prefeitura de Suzano, o Trocando Ideias de março será realizado nesta terça dia 30, a partir das 20h, no Centro de Educação e Cultura "Francisco Carlos Moriconi" (Rua Benjamin Constant, 682 - Centro - Suzano - SP). Desta vez, o livro de José Saramago "As Intermitências da Morte", foi escolhido para ser discutido entre os presentes. Serão abordados o conceito, o tempo e o espaço da obra, além do processo de construção dos personagens.
A facilitação do debate ficará na responsabilidade do escritor Sacolinha.
Qualquer pessoa pode participar gratuitamente, desde que tenha lido o livro.
Informações: 4749-0384 / 7615-4394

SARÁU NO CENTRO CULTURAL PALMEIRAS

Com imenso prazer comunico minha participação no Saráu que aconteceu ontem, 27 de março no Centro Cultural do Palmeiras com a minha querida amiga Elizabete(escritora) que também faz parte na Associação Cultural Literatura no Brasil.
Infelizmente devido à forte chuva que caia no momento , não tivemos o público esperado que sempre se faz presente. O nosso amigo e coordenador do Centro Cultural do Palmeiras,o Gil, inteligentemente combinou que fizéssemos um bate papo , assim cada um falou um pouco de si. A maior surpresa nos causou a querida amiga e escritora Elizabete contando sua, vida dando assim um exemplo de persistência, mostrando à todos os presentes que vencer só depende de cada um de nós.Com seu modo simples de falar nos deixou simplesmente emocionados devido à sua história de vida.
PARABÉNS AMIGA ELIZABETE!!!!
OBS:Convidem a amiga Elizabete para uma palestra, com certeza terão muito à aprender.À quem se interessar pelo depoimento da Escritora Elizabete, entre em contato pelo seu e-mail,
ELIZABETEESCRITORA@HOTMAIL.COM- telefone:011-4749.0583.
abraços,
Paulo ODAIR-poeta.
SUZANO SP.
e-mail, paulodapoesia@hotmail.com
blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com
celulares:011-7234.1382 e 7495.0175(vivo)
fixo: 011-4743.1304(APÓS AS 19 HORAS)


26 março, 2010

Hora maldita


Se a saudade matasse este caipira
Que deixou sua terra há tantos meses
Apesar de morte ser só uma
Eu teria morrido muitas vezes

Mas a saudade não mata só machuca
E a gente fica sem saber o que se faz
Tento esquecer para ver se diminui
Isto só serve pra saudade aumentar mais

Sufoca o peito me dá um nó na garganta
É um negócio esquisito por demais
Pois não há nada mais triste neste mundo
Que ser sozinho e viver longe dos pais

Então eu penso que maldita foi a hora
Que iludido eu deixei meu pé de serra
Me aventurando buscando a felicidade
Pra viver triste e infeliz em outra terra.



Francis Gomes

23 março, 2010

Tá todo mundo convidado

Feira de Troca de Livros e Gibis acontece neste sábado

No próximo sábado (27/3) a Prefeitura de Suzano em parceria com a Associação Cultural Literatura no Brasil, realiza mais um vez na cidade, a Feira de Troca de Livros e Gibis que será realizada das 10h às 16h, no hall de entrada do Centro de Educação e Cultura "Francisco Carlos Moriconi" (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP).
A feira é realizada todo último sábado do mês.
Dessa vez teremos apresentação musical com Marcio Sam e Banda Lítero Musical, exibição do Vídeo-Literatura / Projeto Experimental e do filme Palavra (En)Cantada, além de um sarau de poesias e espaço aberto para quem quiser se apresentar.
Os interessados podem comparecer no espaço e fazer troca no stand da prefeitura, da associação ou trocar com outros usuários que estiverem no local.
Gêneros como romance, poesia, crônica, cordel e HQ, fazem parte do acervo de troca da feira.
O objetivo é criar um espaço de convivência entre escritores, poetas, colecionadores, educadores e leitores em geral.
A entrada é gratuita e não tem classificação etária.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180.

20 março, 2010

MENSAGEM.

QUANDO EU MORRER.

Quando eu morrer, se quiserem fazer de mim um santo,
Só porque morri, mostre que eu tinha tinha um pouco de santo,
Mas estava longe de ser o santo que me pintam.
CHICO XAVIER.

19 março, 2010

22-MARÇO-DIA MUNDIAL DA ÁGUA

ÁGUA SOMOS

Acabaram com a minha natureza.
O calor, queimadas feitas,
Falta de ar, poluição.
Vamos pensar.Para que isso, então?

Somos Água, socorro!
O rio, o mar, o corpo escapam-nos das das mãos.
Reverter o destino feito
Ainda há tempo.
Nosso tempo sempre se faz agora.

Nosso tempo também passa,
Como a bruma leva a manhã,
Mas não leva a fumaça.

Depois de evaporar aquecida
Não haverá mais nada.
Um futuro lamento
Do presente que deixamos de legar.

Somos Água, clemência!
Vamos deixar levar nossa voz?
Ouro ou Água que diferença faz?
Tesouro sabemos ser.

Somos Água, cuidado!
Ou seremos poeira.
Secura.Nada mais.

Paulo Odair.
e-mail: paulodapoesia@hotmail.com
blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
tel-fixo-011-4743.1304(após as 19 horas)
Cel, 011-7234.1382 e 7495.0175(operadora vivo)

12 março, 2010

CD-ÁUDIO POESIA.

Olá pessoal, já está à venda o meu cd-áudio poesias .É um trabalho que beneficia também as pessoas com deficiência visual.O cd tem uma hora de duração na voz da excelente Nilcéia Parize.
Já estou em contato com a Fundação Dorina Nowill, a mesma que produziu este cd-áudio e em breve estará pronto o livro de poesias minhas, em Braille.
Todos têm o direito de ler ou ter acesso à leitura.
Existem várias entidades que dão apoio aos deficientes visuais.
Aqui na cidade , Suzano-Sp, temos a AADVIS-ASSOCIAÇÃO DE APOIO PARA DEFICIENTES VISUAIS. O enderêço é:Rua Izáura Taváres de Páiva nº 76-Parque Maria Helena- telefones, 011-3421.9712 e 4741.1083.
Vamos dar mais atenção aos deficientes visuais.
Paulo Odair

E-mai:l paulodapoesia@hotmail.com
Blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
telefone- 011-4743.1304(após as 19 horas)
Celulares: 011-7234.1382 e 7495.0175 (vivo)



11 março, 2010

É Pavio da Cultura


Sarau "Pavio da Cultura" promete surpresas


Neste sábado (13/03) será realizada a segunda sessão do ano do tradicional Pavio da Cultura, a partir das 20h, no Centro de Educação e Cultura Francisco Carlos Moriconi (Rua Benjamin Constant, 682 – Centro – Suzano - SP).
O Pavio da Cultura é um sarau cultural com música, literatura, cinema, teatro e dança, que virou tradição na cidade de Suzano, por ter tudo isso na programação e durar apenas 2h. Nesta edição o escritor português José Saramago será o homenageado do mês.
Neste sábado teremos apresentação de literatura de cordel, recital de poesia, MPB, interpretação de Luiz Gonzaga, Zé Ramalho e Dominguinhos, distribuição de livros, revistas e fanzines.
Os interessados em se apresentar devem chegar com 30 minutos de antecedência.
Venha e convide amigos, vizinhos e parentes, mesmo que seja apenas para assistir. Todos são bem vindos.
A realização do sarau é da Prefeitura de Suzano em parceria com a Associação Cultural Literatura no Brasil.
Outras informações sobre o evento podem ser obtidas pelo telefone (11) 4747-4180 ou no blog: http://www.sacolagraduado.blogspot.com/

10 março, 2010

08 março, 2010

PARABENS HEROINAS

Dia do tudo



Hoje, é o dia do pecado
Da perdição
Da salvação.
Dia do ódio,
Do amor
Da paixão.
Dia da falsidade
Da lealdade
Da verdade e traição.
Do sofrimento
Da alegria,
Da felicidade.
Dia da terra
Do mar, do céu,
Do sol, da lua,
Da s estrelas.
Do ar, do fogo
Da água,
Do tudo.
Do visível e invisível,
Do espírito e da matéria.
Dia da avó,
Da mãe, da filha
Da neta.
Dia da casada,
Da solteira, da namorada
Da moça virgem.
Dia da patroa
Da empregada,
Da desempregada.
Dia da madame,
Da praticinha
Da favelada.
Dia da mulher séria,
Da amiga, amante
Da prostituta.
Dia da branca
Da preta,
Da baixa, da alta.
Da loira, da mulata,
Da bonita, da feia.
Dia da que foi,
Da que está presente
Da que há de vir.
Do princípio, do fim,
Dia de curas, e de dores
De muitos amores
De milhões de flores
De todas as cores,
Dia de guerra, e de paz,
De morte, e de vida,
Dia INTERNACIONAL DA MULHER.


Francis Gomes

LiteraturaNossa


Saudações Literárias a todos.

Já saiu o 18º número do Fanzine da Associação Cultural Literatura no Brasil, o Literatura Nossa.
O fanzine tem ótima qualidade literária e traz a publicação de contos, prosas, poemas... dos membros da associação.
Esta edição foi lançada no Pavio da Cultura, realizado no ultimo sábado, 20.
Você pode adquirir uma edição gratuitamente no Pavio da Cultura ou com os membros da associação.

07 março, 2010

08-MARÇO-DIA INTERNACIONAL DA MULHER.

8 De março dia da mulher.
mulher

Deus não erra e a fez mulher.
O dom mais sublime lhe foi oferecido:
Ser mãe.

Mulher amiga, companheira,
Parceira nos bons e maus momentos.
Seu dia desconhece hora, mas, é lembrada
Quando seu filho chora,
À procura se afeto e carinho.

Mulher às vezes maltratada,
Como foi Maria da Penha.
Bom lembrarmos Cora Coralina,
Poetisa de todos os tempos,
Que aos setenta e cinco anos
Fez seu primeiro livro,
¨O poema dos becos de Goiás¨.

À você mulher,
Esta simples homenagem.
Comemore esse dia
Com a certeza do dever cumprido.

¨Aceitei contradições, lutas e pedras
Como lições de vida e delas me sirvo.
Aprendi a viver!!!¨.(Cora Coralina)
Paulo Odair.

Blog, http://pauloodairdapoesia.blogspot.com/
E-mail, paulodapoesia@hotmail.com
fone-fixo-011-4743.1304(após as 19 horas)
celulares, 011-7234.1382e 7495.0175(vivo)






06 março, 2010

Cakisobrevivente

Eu sou o Cakis
E tenho algo a dizer
Nasci na periferia e nela quero viver.

Não por amor à pobreza, ou a tristeza
Como muitos podem dizer
Por que a periferia não é pobre e não é triste
Ela é o que é, como qualquer lugar.

Nela, há poucos caminhos pelos quais se podem trilhar
E eu, com o fervor de minha curiosidade
Optei por seguir um caminho
Do qual não posso me orgulhar.

Mas também, não me envergonho
Essa é a minha história, meu tesouro!
Que carrego comigo na alma
E protejo mais do que a qualquer pote de ouro.

Habitei o submundo por duas décadas
E lá me deparei com coisas que me fizeram crescer
Nos piores momentos, a palavra - minha fiel amiga, não me faltou
Através dela consegui manter o meu elo com a humanidade
Através dela, sobrevivi e me tornei O Professor do cárcere.

Hoje, aqui da superfície posso dizer
Eu sou o Cakis! E encho a boca para dizer
De boca cheia, e peito inflado digo
Eu sou o Cakis!
Porque hoje sei quem sou
Porque hoje, sei o que sinto.

Choro por grande alegria, ou grande dor
Sorrio, porque me sinto feliz
Escrevo, porque sinto algo verdadeiro e que me angustia
Sofro porque minha realidade não é mais artificial.

É dura, nua, crua e cruel
E mesmo assim sendo, digo que quero viver
Quero viver, por que sou o Cakis!
E tenho muito a dizer.

Seja sobre a dor
Seja sobre o amor
O meu papo é reto, certeiro
Não tem métrica, nem redondilhas
Meus versos não são decassílabos
De forte espessura, não cabem nessas caixinhas.

Por isso, a poesia me dá licença
Licença para falar
Muito prazer eu sou o Cakis
Novamente vou me apresentar
E por ser um sobrevivente,
nada nem ninguém nesse mundo, irá me calar.

02 março, 2010

Cada vez melhor!!

Olá queridos amigos!!!
Como sabem, todas as terças-feiras nos reunimos às 17:30 no auditório do Centro Cultural Francisco Carlos Moriconi. Após a reunião administrativa, incluímos momentos de estudos.
Fazemos uma espécie de "laboratório" no qual os colaboradores relatam a sua história de vida e como esta se cruzou com a literatura. Para além de trocar experiências, objetivamos exercitar a
a arte de falar em público, a desenvoltura, a clareza na exposição das idéias, dentre outros. A cada mês um colaborador tem o seu momento "De frente com Gabi", ou melhor, "De frente com a Literatura no Brasil".
Quem estreou esse rico espaço, no dia 09 de fevereiro, foi o nosso ilustre Cakis, que falou de sua história de vida com muita sensibilidade e dignidade. Um depoimento que cumpriu com o seu papel e provocou a cada um dos presentes.
No dia 23/02 após a reunião, foi realizado o Trocando Idéias, espaço no qual foi discutido sobre o livro Colecionador de Pedras do escritor Sérgio Vaz.
E hoje, após a reunião, assistimos ao documentário Palavra (En)cantada. Neste, importantes ícones da música e da literatura, tratam da relação entre esses dois elementos tão presentes em nossas vidas, tão distintos e que ao mesmo tempo, se completam. Após a exibição, foi realizado um delicioso debate que renovou a todos, após um árduo dia de trabalho.
Se você ainda não pôde comparecer, se organize e se presenteie, disponibilizando duas horas de sua semana para trocar conhecimento, bater papo e aliviar as tensões. Vale muuuuito a pena.
Um grande abraço.

Comunidade do Conto