03 julho, 2011

Este amor




Este amor que eu respiro pra viver,
É o mesmo que me mata a cada dia,
O  medo de perdê-la me angustia!
De modo que faleço  sem morrer.

Meu coração suspira sem conter,
Uivos melancólicos de agonia,
Baila sem musica ou melodia,
A cada instante que te ver.

No mundo encantado dos amores,
Eu morro muito antes de nascer,
E sofro antecipado os dissabores

Com medo de um dia  te perder,
E no paraíso que devia ser só flores,
Me leva ao inferno  antes morrer.






Francis Gomes

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Próxima edição