16 setembro, 2016

Sarau LiteraturaNossa - Setembro de 2016

Sarau LiteraturaNossa reúne poesia, dança e grafite nesta sexta-feira (16/9)

Por Gisleine Zarbietti

Projeto de incentivo a leitura será realizado às 19h30, com o apoio do Programa de Ação Cultural (ProAC) na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630, Jardim Revista, Suzano, próximo ao bazar e à Escola Estadual Oswaldo de Oliveira Lima)

Em sua edição de setembro, o Sarau LiteraturaNossa contará com a poesia de Thata Alves expressa em seu mais recente livro “Em Reticências”, o grafite de Jae Alves na exposição “Toda cor tem seu valor” e a dança do grupo The Best Moviment Crew. O projeto desenvolvido pela Associação Cultural Literatura no Brasil (ACLB) será realizado na sexta-feira (16 de setembro), às 19h30, na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630, Jardim Revista, Suzano, próximo ao bazar e à Escola Estadual Oswaldo de Oliveira Lima).

A entrada é gratuita e aberta ao público em geral. Na ocasião, haverá sorteio de livros, camisetas, DVDs e outros produtos literários. O projeto de incentivo à leitura e divulgação dos autores regionais conta com o apoio do Programa de Ação Cultural (ProAC) do governo do Estado de São Paulo. Outras informações pelo telefone (11) 96680-4065, pela home page www.literaturanobrasil.blogspot.com/ ou pelo Facebook Sarau LiteraturaNossa.

A coordenadora do projeto, Landy Freitas, destaca que entre as atrações deste mês está a apresentação de dois artistas do Alto Tietê, que por meio do sarau terão a oportunidade de divulgar suas produções:

“Além de proporcionar o acesso à arte e aproximar a população dos bens culturais, o sarau é também uma forma de promover um intercâmbio entre os artistas participantes e, consequentemente, mostrar seus trabalhos para a população”, diz.

Moradora de Itaquaquecetuba, Jae Alves trabalha com grafite há quatro anos e levará para a exposição “Toda cor tem seu valor” fotos, camisetas, isqueiros e latas com a sua arte.

De Suzano, o público presente no sarau poderá conferir a arte do grupo de dança The Best Moviment Crew, que foi formado em 2010 dentro do Projeto Espaço Convivência, desenvolvido pela Comunidade Kolping do Jardim São José. O grupo é composto por 20 adolescentes e tem por objetivo incentivar crianças e adolescentes a desenvolver habilidades artísticas e culturais por meio do break dance, modalidade que ajuda a desenvolver a concentração, o respeito, a atenção e o trabalho em grupo.


Poetisa, escritora e produtora cultural, Thayaneddy Alves de Souza e Silva, a Thata, é também vendedora ambulante e atuante em diversos saraus e intervenções artística. No livro de poesias “Em Reticências”, ela traz versos que escreveu desde os tempos de escola, ao longo da adolescência e também do período em que começou a frequentar saraus, em 2013. Em 90 poesias, ela aborda temas como feminismo negro, política, questões sociais e culturas tradicionais.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sarau LiteraturaNossa Maio 2017

No sarau desse mês: Autor de 24 folhetos de cordel, do livro Ecos do Silêncio e da antologia poética, Semeando Versos colhendo Cord...