17 maio, 2007

Bahia

A militância em Salvador não pára!


Blackitude lança fanzine sobre James Brown na Feira Hype

O coletivo Blackitude lança na Feira Hype deste sábado a edição especial do fanzine Na Lata, em homenagem a James Brown. A publicação faz parte do evento Cultura Black na Diáspora: Tributo a James Brown, que acontece entre 29 de maio e 01 de junho, e vai realizar na cidade uma ampla discussão sobre o movimento black power com destaque para a soul music. O zine, que será vendido a R$2,00, antecipa o debate, focando o artista através de um pequena biografia, das capas dos seus principais discos e no artigo The Godfather of Rap – sobre a importância de James Brown para o nascente hip hop dos anos setenta.
O Na Lata traz entrevista especial com o professor e ativista cubano Carlos Moore - que fala da importância do diálogo musical entre James Brown e Felá Kuti, o fundador do movimento afrobeat na Nigéria – e a reportagem Nos embalos do Dj Tatá: Retratos da Bahia Black, sobre o cotidiano da juventude negra de Salvador das décadas de setenta e oitenta. Carlos Moore e Coutinho são dois dos convidados do Tributo, cuja programação completa está detalhada no zine.
Criado e realizado de forma independente pelo grafiteiro Neuro, o Na Lata é especializado na arte do graffiti. Nesta edição, além de uma seleção de vários autores, o destaque é um graffiti sobre James Brown, realizado coletivamente por Limpo (figurativo) e Neuro, Peace e Lee (tags) especialmente para o evento.
Além do zine, a Blackitude estará presente na Feira Hype, das 16h às 17h30, realizando uma performance artística e um debate sobre a cultura hip hop. Participam Neuro, Bob, Peace e Limpo (gaffiti), Joe (discotecagem), Íris, Kiko e Guga (MC´s), Ananias e Independentes de Rua (break) e Nelson Maca (poesia).


FICHA
Evento: Feira Hype
Onde: Pátio do Goethe Institut (Corredor da Vitória)
Horário: das 13h às 20h
Entrada franca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sarau LiteraturaNossa Agosto 2017