Francis Gomes


Velhice

A velhice não deprime
Até porque não e crime
Ainda me envaidece.
E as rugas quando vêm
Me engrandece também
À medida que aparecem.
Porque elas me promovem
Ser mais sábio que os jovens
Ao passo que elas crescem. e que aparecem




Te Amo

Amor saiba que eu amo você.
E peço-te nunca me esqueça.
Quero que nosso amor sempre cresça,
Sem jamais envelhecer.

Mas se isto acontecer...
Eu espero que não aconteça.
Ao menos guardes na cabeça,
Os bons momentos que pudemos viver.

As vezes que te fiz sorri,
As poesias que te escrevi
As flores que te dediquei.

E quanto a mim tenha por certo,
Que estando longe ou perto
Eu te amo e sempre te amarei.

Francis Gomes, é escritor, cordelista e poeta. Atualmente é presidente da Associação Cultural Literatura no Brasil. Mais informações, através do e-mail: tchekos@ig.com.br

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

[A BORBOLETA DE UMA ASA SÓ.].

Resenha sobre Monteiro Lobato