19 abril, 2013

Manos e Minas


TV Cultura entrevista escritor Sacolinha

O programa vai ao ar neste sábado, 20/4, às 17h, com reprise terça-feira (23) às 0h.

O renomado escritor suzanense Ademiro Alves, o Sacolinha, estará mais uma vez no programa Manos e Minas da TV Cultura. Os repórteres estarão na casa do autor para bater um papo sobre literatura clássica, leitura e os novos autores, além de conhecerem a biblioteca pessoal de 4 mil títulos que o escritor mantém em sua residência. Por já ter sido gravado há duas semanas, a entrevista não vai tocar no assunto das manifestações contra a secretaria de cultura de Suzano.
O programa vai ao ar neste sábado, 20/4, às 17h, com reprise terça-feira (23) às 0h.
Essa já é a 6ª vez que o autor aparece neste canal. A primeira foi no programa “Metrópolis”, depois no programa Provocações. A terceira vez foi no “Entrelinhas” e as outras três no próprio “Manos e Minas” que é um programa voltado ao público do hip hop.
Para assistir as entrevistas que foram ao ar em anos anteriores é só acessar o site do Youtube e digitar os nomes “Escritor Sacolinha”. Neste site há dezenas de vídeos sobre o trabalho do Sacolinha, inclusive vídeos onde o autor recita poesias, apresenta saraus e dá palestras.

Sobre o autor

Sacolinha (Ademiro Alves de Sousa) tem 29 anos, nasceu na cidade de São Paulo e é formado em Letras pela Universidade de Mogi das Cruzes. É escritor, autor de romances e livros de contos. Completou em dezembro de 2012, dez anos de carreira literária. Em sua trajetória já esteve em programas de televisão como Jô (TV Globo), Provocações, Metrópolis e Manos e Minas (TV Cultura). Trabalhou na secretaria de cultura do município de Suzano por oito anos (2005 à 2012), onde desenvolveu centenas de projetos de incentivo à leitura e de divulgação dos novos escritores, com destaque para o 1º Salão Internacional do Livro de Suzano. Trouxe para a cidade escritores como Ariano Suassuna, Marcelo Rubens Paiva, Ignácio de Loyola Brandão, Moacyr Scliar, Paulo Lins, Antônio Skármeta, Fernando Gabeira, entre outros. Ganhou vários prêmios por seus livros e seus projetos. Nos últimos anos tem viajado pelo país fazendo palestras e ministrando oficinas, principalmente em lugares vulneráveis e não muito comuns para eventos literários, tal como cadeias, penitenciárias federais, favelas, morros e associações de moradores. Recentemente prestou serviços para a UNESCO e para o Ministério da Justiça no projeto “Uma janela para o mundo – Leitura nas Prisões” nas Penitenciárias de Segurança Máxima. Desenvolve ainda uma palestra por semana nas escolas públicas do estado de São Paulo. Em 2013 a editora carioca Aeroplano, lançou o livro "Como a água do rio" biografia e trajetória do escritor Sacolinha.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sarau LiteraturaNossa Maio 2017

No sarau desse mês: Autor de 24 folhetos de cordel, do livro Ecos do Silêncio e da antologia poética, Semeando Versos colhendo Cord...