16 outubro, 2014


Escritora suzanense lança “Sempre Juntos” no Sarau LiteraturaNossa

Projeto da Associação Cultural Literatura no Brasil será realizado nesta sexta-feira (17 de outubro), às 19h30, na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630 Jardim Revista, em Suzano, próximo ao Bazar e à Escola Oswaldo de Oliveira Lima), com sorteio de livros e camisetas

Maria Lúcia Almeida adquiriu o gosto pela leitura e escrita ainda na infância, mas foi somente em 2010, ao participar da oficina de Cinema oferecida pelo Centro Cultural Palmeiras é que teve a iniciativa de escrever um livro. Para isso, ela contou com o reforço da Associação Cultural Literatura no Brasil e o resultado poderá ser conferido nesta sexta-feira (17 de outubro), com o lançamento de “Sempre Juntos” durante o Sarau LiteraturaNossa.

O projeto desenvolvido pela Associação Cultural Literatura no Brasil será realizado às 19h30 na Comunidade Kolping (Rua Cumbica, 630 Jardim Revista, em Suzano, próximo ao Bazar e à Escola Oswaldo de Oliveira Lima). Haverá sorteios de camisetas do sarau e de livros da escritora Carolina Maria de Jesus, além de obras de autores contemporâneos.

Um dos ícones da literatura periférica pela autoria do livro “Quarto de Despejo – Diário de uma favelada”, Carolina Maria de Jesus é homenageada este ano pelo Sarau LiteraturaNossa em função de seu centenário.

“Sempre Juntos” é o primeiro título de Maria Lúcia, moradora de Suzano. Na obra, ela fala sobre a infinita e complexa temática do amor ao abordar as fraquezas, decepções e desilusões pelas quais passam os indivíduos. Para escrever o livro, Maria Lúcia também buscou algumas referências bíblicas.

Ela conta que a obra foi escrita em 2010, mas somente agora, devido ao respaldo que encontrou na Associação Cultural Literatura no Brasil, teve a oportunidade de publicar:

“Foram nas aulas da oficina de Cinema, em que precisei escrever um roteiro, é que vi a necessidade de procurar a Associação para aperfeiçoar minha escrita e aprender mais. Cheguei a participar do projeto Comunidade do Conto, que em muito me ajudou a aprimorar minha técnica literária”, diz.

Landy Freitas, coordenadora do Sarau LiteraturaNossa, ressalta que histórias como a de Maria Lúcia confirmam o potencial das iniciativas culturais desenvolvidas pela Associação Cultural Literatura no Brasil:

“Relatos como esse nos trazem a certeza de que estamos cumprindo nossos objetivos de incentivar o gosto pela leitura, contribuir com o desenvolvimento da escrita e, sobretudo, aproximar a população da literatura, seja conhecendo autores e obras de referência nacional ou interagindo com os escritores regionais”, avalia.

Gisleine Zarbietti
Assessoria de Imprensa




Nenhum comentário:

Postar um comentário

23/11