07 outubro, 2014

Palestras no interior

VIAGEM LITERÁRIA

Cidades do interior receberão escritor Sacolinha pelo 3o ano

Neves Paulista, Mirassol, Gastão Vidigal, Monte Aprazível e Bady Bassitt são os municípios contemplados com palestras do escritor suzanense Ademiro Alves, o Sacolinha

O escritor suzanense Ademiro Alves, o Sacolinha, foi convidado por mais este ano para participar do Viagem Literária, projeto pelo qual irá percorrer cinco cidades do interior de São Paulo num período de três dias. O autor passará pelos municípios de Neves Paulista, Mirassol, Gastão Vidigal, Monte Aprazível e Bady Bassitt para ministrar oficinas e participar de bate-papos durante os dias 8, 9 e 10 de outubro. Estima-se que em cada cidade o autor falará para um público aproximado de 150 pessoas. Todas elas já leram algum livro de Sacolinha.

As atividades serão realizadas em bibliotecas públicas dos municípios citados. Em duas horas de encontro, Sacolinha pretende abordar sua trajetória literária, seus livros, seu processo de criação e ainda falar dos projetos literários que desenvolve em várias regiões do Brasil. Cerca de 40 minutos da palestra serão dedicados às perguntas da plateia.

O Viagem Literária é uma iniciativa da Secretaria de Estado da Cultura desenvolvida em parceria com a SP Leituras. Esta é a terceira vez que Sacolinha é convidado para participar do projeto, que tem por objetivo promover encontros com diversos autores brasileiros em 80 municípios do interior paulista.

Na primeira vez em que atuou no projeto, em 2011, o autor suzanense percorreu as cidades de Monteiro Lobato, São Bento do Sapucaí, Guaratinguetá, Águas de Lindóia e Mococa. Nesses locais, o autor ministrou oficinas de criação literária com o objetivo de estimular o processo criativo dos participantes, tal como o domínio de ferramentas básicas que puderam permitir a execução de pequenas histórias, individuais e coletivas.

Em sua segunda participação, no ano de 2013, o autor visitou as cidades de Piedade, Rancharia, Bastos, Palmital e Cerqueira César, onde ministrou palestras sobre sua trajetória literária, abordou a importância da leitura na vida das pessoas e falou sobre a nova geração de escritores.

Para Sacolinha, o Viagem Literária é um dos únicos projetos literários completos existentes no Estado de São Paulo:

“Geralmente, os projetos literários só contemplam uma categoria que na maioria das vezes é o leitor ou a biblioteca. O escritor raramente é lembrado. No caso do Viagem Literária todos estão envolvidos, pois o projeto valoriza o escritor, coloca os leitores diante de seus autores preferidos e promove o espaço da biblioteca”, comenta.

PROJETOS

Desde o começo de sua carreira literária, Sacolinha tem desenvolvido um trabalho de incentivo à leitura em diversos Estados brasileiros, com destaque para o projeto "Uma janela para o mundo", nas Penitenciárias de Segurança Máxima federais, onde deu aulas para nomes como Fernandinho Beira Mar, Elias Maluco e para deputados e policiais milicianos presos.

Ultimamente Sacolinha tem se dedicado a divulgar suas obras, o que devido aos projetos de leitura e com o trabalho literário à frente da pasta de literatura na Secretaria de Cultura de Suzano, entre os anos de 2005 e 2012, teve de abrir mão.

“Tenho seis livros publicados aqui no Brasil e três traduzidos para o espanhol, francês e inglês, mas até agora não tive tempo para divulgar essa produção devido aos projetos de incentivo à leitura que tomaram todo o meu tempo”, diz.

Ele afirma que todo escritor se sente bem em chegar em eventos literários nos quais o público já conhece sua obra. No entanto, como visita locais em que as pessoas raramente têm o hábito da leitura, o papel de incentivador fala mais alto.

Sacolinha aceitou participar do Viagem Literária justamente para tentar equilibrar seu trabalho de escritor e mediador.

Mais informações sobre o Sacolinha e o projeto Viagem Literária podem ser obtidas no blog: www.sacolagraduado.blogspot.com ou na página do autor no facebook: www.facebook.com/escritorsacolinha.

SOBRE O AUTOR

Sacolinha tem 31 anos, nasceu na cidade de São Paulo e é formado em Letras. É autor dos livros “Graduado em Marginalidade”, “85 letras e um disparo”, “Estação terminal”, “Peripécias de minha infância”, “Manteiga de cacau” e “Como a água do rio”. Em sua trajetória já esteve em vários programas de televisão, como Provocações, Metrópolis e Manos e Minas, ambos na TV Cultura, e o de Jô Soares, na Globo. Ganhou vários prêmios por seus livros e projetos. Também é conhecido por seu incansável trabalho de incentivo à leitura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Próxima edição