02 outubro, 2006

Sto André - ABC

ALPHARRABIO LIVRARIA E EDITORA LTDA
Eduardo Monteiro, 151 – Fone 4438-4358, Fax 4992-5225 – Santo André
e-mail:
alpharrabio@alpharrabio.com.br
www.alpharrabio.com.br
http://blog.alpharrabio.com.br

PROGRAMAÇÃO CULTURAL semana de 02 a 07.10.06

- 04 de outubro (quarta-feira) 15h00: Cineclube. Tema do mês: filosofia. Filme: O Sétimo Selo, Ingmar Bergman


- 05 de outubro (quinta-feira) 17h30: Lançamentos: 85 letras e um Disparo (contos) Canibalismo do Enigma (anti-romance)

- 07 de outubro (sábado), 10h00: Observatório do Poema - O verbo desencarnado(Octavio Paz)

4 de outubro (quarta-feira) 15h00 – CINECLUBE

Tema do mês: Filosofia
Filme desta sessão - O Sétimo Selo
Após dez anos, um cavaleiro (Max Von Sydow) retorna das Cruzadas e encontra o país devastado pela peste negra. Sua fé em Deus é sensivelmente abalada e enquanto reflete sobre o significado da vida, a Morte (Bengt Ekerot) surge à sua frente querendo levá-lo, pois chegou sua hora. Objetivando ganhar tempo, convida-a para um jogo de xadrez que decidirá se ele parte com a Morte ou não. Tudo depende da sua vitória no jogo e a Morte concorda com o desafio, já que não perde nunca.

Título Original: Det Sjunde InsegletTempo de Duração: 100 minutosAno de Lançamento (Suécia): 1956Direção: Ingmar Bergman

5 de outubro (quinta) 17,30h – LANÇAMENTO DE LIVRO: 85 Letras e um Disparo (contos)

85 Letras e um Disparo
Sacolinha
15X21 cm, 104pp., R$ 14.90.

Em seu primeiro livro Graduado em Marginalidade, Sacolinha prendeu a atenção dos leitores da primeira a última página; notou-se muito que as pessoas tiveram uma grande surpresa no fim do romance.
Com isso, o autor alcança um dos objetivos do bom artista, que é o de conquistar o seu público. Em 85 Letras e um Disparo não será diferente, pois neste livro, tudo pode acontecer; desde de um escritor que viaja 240 km de trem para vender seus livros em bares, até uma prostituta que tem argumentos suficientes para provar que não é prostituta.
Durante a leitura desta obra, nota-se que Sacolinha tem uma escrita meticulosa e cheia de surpresas, por isso alertamos o leitor para que não leve um choque e nem caia na risada desesperadamente.Mais uma vez o autor nos brinda em grande estilo, como tem que ser. Nada de demagogia, apenas literatura que sem dúvida terá lugar de destaque, como escreveu Moacyr Scliar no prefácio desta obra.

Sacolinha, nome artístico de Ademiro Alves de Sousa, nasceu em São Paulo no dia 09 de
agosto de 1983.
Sempre foi um sujeito inquieto. No ano de 2002, essa inquietação atingiu o auge, e foi neste momento que Sacolinha se apegou a leitura e logo em seguida adotou a escrita como instrumento de desabafo. “Escrevo para se extravasar”, afirma ele. Em dezembro de 2002, ele criou o Projeto Cultural Literatura no Brasil, com o intuito de divulgar os escritores desconhecidos e levar leitura aos que não têm acesso.
No ano de 2003 iniciou suas participações em diversos concursos literários, sendo premiado em muitos deles. Iniciou a escrita do seu primeiro romance Graduado em Marginalidade em abril de 2004, terminando essa produção em novembro do mesmo ano. Mas só foi lançá-lo em agosto de 2005, iniciando aí a sua entrada no mundo dos autores publicados.
Participa de diversas revistas e antologias e escreve mensalmente para vários sites de literatura. De dezembro de 2004 à fevereiro de 2006, foi presidente do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Sócio-Cultual Negro Sim. Produziu o vídeo-documentário do Projeto
Cultural Literatura no Brasil, hoje com o nome de Associação.
Atualmente trabalha como Coordenador Literário na Secretaria de Cultura de Suzano - SP e é graduando em Letras na Universidades de Mogi das Cruzes - SP.
Agitador cultural, faz palestras sobre literatura, questão racial e desenvolve freqüentemente
eventos literários.


7 de outubro (sábado) 10h00 – OBSERVATÓRIO DO POEMA

O verbo desencarnado
- Octavio Paz, “O verbo desencarnado” em O arco e a lira (pp. 283/305)
- Octavio Paz, “Whitman, poeta da América” em O arco e a lira (pp. 364/368)
- Flora Süssekind, “A poesia andando” em A voz e a série (pp. 171/178)
[estudo das relações entre a poesia contemporânea brasileira e seu tempo, com especial destaque para o livro As Banhistas de Carlito Azevedo]

ENTRADA FRANCA PARA TODAS AS ATIVIDADES

Saiba mais sobre nossa programação, nossa história e como comprar nossos livros pela Internet em
www.alpharrabio.com.br

http://blog.alpharrabio.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Minha Literatura, Minha Vida - Casa de Cultura Raul Seixas

      Neste sábado 09/12 às 13h, a Casa de Cultura Raul Seixas recebe o escritor Sacolinha com o projeto Minha Literatura, Minha Vida.  ...