16 fevereiro, 2010

POEMA, CHARLES CHAPLIN

POEMA DA NOITE.

Já chorei vendo fotos e ouvindo músicas,
Já liguei só para ouvir uma voz.
Me apaixonei por um sorriso,
Já pensei que fosse morrer de saudade
E tive medo de perder alguém especial...( e acabei perdendo).

Já pulei de tanta felicidade,
Já vivi de amor e fiz juras eternas...(quebrei a cara muitas vezes).
Já abracei quando não podia,
Já fiz amigos eternos.

Amei e fui amado,
Mas também já fui rejeitado,
Fui amado e não amei...
Charles Chaplin.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Cidinha da Silva em Suzano