14 agosto, 2010

RUA

Que rua é essa?
Onde muitos fazem sua morada?
Qual o mistério, o segredo?
Será a magia da tão procurada liberdade?

Rua de livre trânsito,
Não é de ninguém.
Noites frias, chuvosas, o desconforto,
Às vezes o brilho morto da lua.

Sempre repleta de gente,
Que anda a esmo pelas avenidas,
Quem sabe, à procura de si mesma,
Tentando se reencontrar.

Então, que rua é essa?
Rua de aventuras, coragem, fome de vida?
Seria apenas e tão somente,
Rua da Viagem, seu nome?
PAULO ODAIR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sarau LiteraturaNossa Agosto 2017