03 abril, 2006

+ da Dinha!

Debaixo da asa da águia

Nas brechas do cotidiano
a senha para respirar.

nesses dias em que o céu é azul
e anuncia enchentes
e a felicidade se esconde
com medo dos desabamentos

a senha para respirar
a senha para o banco
Há senha para ouvir tua voz
na imaginação do email

e só os pequenos milagres
do cotidiano escapam
da solidão anunciada
debaixo da asa da águia.

Dinha

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Já assistiu?

Matéria da TVT sobre o projeto Literatura e Paisagismo - Revitalizando a Quebrada do escritor Sacolinha.